quarta-feira, 16 de março de 2011

TEXTO LITERÁRIO E TEXTO NÃO LITERÁRIO



Para considerar se um texto é ou não literário, é preciso analisar sua função predominante, isto é, qual é seu objetivo principal. Se for informar de modo objetivo, de acordo com os conhecimentos que se tem da realidade exterior, ou se tiver um compromisso com a verdade científica, o texto não é literário, mesmo que, ao elaborar a linguagem, seu autor tenha feito uso de figuras de estilo, utilizado recursos estilísticos de expressão. A função referencial predomina no texto não literário.
Já o texto literário não tem essa função nem esse compromisso com a realidade exterior: é expressão da realidade interior e subjetiva de seu autor. São textos escritos para emocionar, que utilizam a linguagem poética. Função emotiva e poética predominam no texto literário.
São esses os critérios que devemos considerar ao analisar e classificar um texto em literário e não-literário.
Exemplos de textos não-literários são: notícias e reportagens jornalísticas, textos de livros didáticos de História, Geografia, Ciências, textos científicos em geral, receitas culinárias, bulas de remédio.
Exemplos de textos literários são: poemas, romances literários, contos, novelas.

Para diferenciar textos literários de não literários os alunos do primeiro ano do ensino médio juntamente com a professora Keila Raquel de Souza realizaram a confecção de cartazes na disciplina de Língua Portuguesa e Literatura.

Um comentário:

  1. Ao retirar algum texto de outro autor, deve-se colocar a fonte. (http://www.klickeducacao.com.br/2006/conteudo/pagina_vestibular/0,6414,-505-,00.html)

    ResponderExcluir